tristeza

O que não mata… Edifica!

“… No meio da muita prova de tribulação manifestaram a abundância de alegria” II Coríntios 8:2.
“Melhor é a magoa do que o riso, por que com a tristeza do rosto se faz melhor o coração” Eclesiastes 7:3.
O primeiro versículo acima foi escrito por Paulo à igreja de Corinto que demonstrava crescer em regozijo, mesmo passando por tribulação. Podemos observar que no meio da provação da igreja da Macedônia – conforme diz o texto, mesmo que a carta tenha sido destinada aos coríntios, o apostolo quis tomar como exemplo a igreja da Macedônia –, que pôde se regozijar abundantemente com alegria.
… No momento de provação, temos duas opções, encará-la de frente ou deixa-la nos vencer.
“Se te mostrares frouxo no dia da tua angústia, a tua força será pequena” Provérbios 24:10.
Tomamos como exemplo Neemias, que ao saber que os muros de Jerusalém estavam caídos, por mais que ele tenha sim se entristecido em determinado momento, sabemos que tomou a iniciativa de sair da passividade, e ir á Jerusalém e incentivar o povo a reconstruir os muros. Ele encarou o momento de tristeza de uma forma ativa, e obteve êxito.
Salomão também disse que o ‘rosto triste’ faz o coração melhor, ou seja, na dificuldade você aprende, a valorizar coisas e pessoas, adquire experiência e paciência (Rm. 5:3), obtém humildade, enfim, a prova te faz aprender coisas imprescindíveis para a vida.
Às vezes a luta aparenta ser a pior situação de que se podia estar no momento, mas nos esquecemos de que ela é uma escola que nos prepara para a vida. Não estou dizendo que a melhor solução para o seu problema seja ficar parado, mas que em muitas situações é melhor confiar em Deus e esperar nEle, que no momento certo a providência chega.
“O que não mata …
.
.
.
te edifica”
Por isso siga em frente. Não desista dos seus sonhos e dos sonhos de Deus. Saiba que mesmo que você esteja na prova Deus te vê e conhece suas necessidades, e mesmo que seja difícil há uma recompensa de alegria e de aprendizado dentro da tribulação, só basta você acreditar.
É melhor confiar que depois da tempestade vem um tempo agradável de novo, assim como depois do inverno vem a primavera e o ciclo da vida continua.