blasfemia porta dos fundos

Comentário video “10 MANDAMENTOS” – Porta dos Fundos

Assisti a este vídeo e fiquei indignado. E gostaria de compartilhar um pouquinho da minha opinião. Peço desculpas, desde já por eventuais erros de ortografia visto que escrevi com um pouco de pressa.

Vou comentar de forma condizente com a sequencia das bobeiras expostas no vídeo.

Mandamentos:

Não furtarás

  • Há um princípio em tudo o que Deus fala. Então não é só porque “Deus falou que não pode” que não devemos fazer, mas sim porque seu mandamento estabelece um equilíbrio na sociedade, bem sabemos que toda sociedade sem regras é extinta. Por isso que a devemos meditar na Palavra, para que possamos entender o sentido das coisas, e não simplesmente se contentar em conhece-las;
  • Esta lei moral é aplicada até nos dias de hoje como penalidade àqueles que furtam, no nosso país. Se quiserem questionar isto, também questionem e brinquem com os legisladores que fazem as leis, engraçadas.

Guardarás o sábado

  • A igreja não era de Moisés, mas apenas administrada por Moisés. Na sua empresa você não tem um chefe? Ao menos no seu setor, há um chefe. Toda instituição que não possui alguém para que possa administrar não se sustenta. Ou você acredita que era Deus que devia descer do céu para administrar as coisas do povo hebreu?
  • E o mar vermelho que foi aberto, foi Moisés que abriu ou a força de Deus? E o maná que desceu do céu para que o povo não passasse fome foi Moisés quem articulou? E as dez pragas que atingiram o Egito para que o povo fosse liberto, foi Moisés quem mandou? Deus só usou Moisés, e não Moisés que usou Deus.

Não matarás

  • Segue a mesma premissa do mandamento “não roubarás”, toda lei que Deus dá ao seu povo possuí um princípio;
  • A bíblia não relata nada sobre algum parente de Moisés que foi assassinado;
  • Zaqueu não viveu naquela época, segundo o relato histórico bíblico, mas sim na época de Cristo.

Não levantaras falso testemunho

  • A mentira até hoje é um grande mal, e destrói qualquer família, amizade, relacionamento, etc. Existe um ditado popular que diz “que mentira tem perna curta”. Não há o que se questionar quanto a este mandamento, nós sabemos que a melhor coisa a se fazer é sempre contar a verdade;
  • Se Moisés pregava que não era para mentir, por que ele mentiria, para enganar o povo? Para quem não sabe, Moisés poderia ganhar muito mais no Egito como príncipe no palácio de Faraó do que sofrendo no deserto com o povo hebreu. Se ele estivesse caminhando para a terra prometida por interesses pessoais, ele optaria ficar no Egito.

Não usarás o nome de Deus em vão

  • Expressa a santidade de Deus. Qual é o interesse de Deus em ser usado como motivo de chacotas (brincadeiras de mau gosto)?
  • Se Moisés estava ensinando os mandamentos de Deus para o povo, não estava utilizando o nome dEle em vão.

Amar a Deus sobre todas as coisas  ou “não terás outros deuses além de mim” conforme o texto de Êxodo.

  • Significa colocar Ele acima de todas as outras, e não para esquecermo-nos de amar os outros, visto que Jesus disse concomitantemente que devemos amar o próximo como a nós mesmos.

Não adulterarás

  • Segue o mesmo principio dos mandamentos “não furtarás” e “não matarás”. Relembrando: possui um peso moral e rege a ordem na sociedade.

Ainda se esqueceram de alguns mandamentos, já que eram para ser dez:

– Honra teu pai e tua mãe

– Não farás para ti imagem de escultura

– Não cobiçarás

Talvez não tenham encontrado nenhuma “piada” para estes mandamentos, ou algum destes não favorecesse alguma ideia predominante no publico, afim de não conseguirem tantas visualizações.

Desde aquela época até hoje há um versículo que tem lógica:

“O meu povo se perdeu por falta de conhecimento” Oséias 4:6. As pessoas só se perdem hoje em dia por falta de conhecimento.

Por isso deixo outras considerações só para conhecimento:

O povo não podia estar junto ao monte;

Eram duas tabuas da lei e não quatro;

O monte não estava cheio de pessoas, para quem não sabe o monte Sinai é muito íngreme para que habitasse ali alguma população;

Moisés não estava apenas de manhã, mas por quarenta dias, e em jejum;

Naquela época não existia papel. E se Deus quisesse ter escrito em papel, logo seria fácil para rasgar.

Os princípios dos dez mandamentos são úteis até o dia de hoje, mesmo na vida secular, exemplo “5º mandamento – honra teu pai e tua mãe, para que te vás bem e vivas muito tempo sobre a terra (Ef. 6:2-3)”, que expõe a ideia do pai que ensina o filho o caminho certo, aí a criança é obediente, e consequentemente a cresce e se dá muito bem na vida, em todos os sentidos – relacionamentos, finanças, profissional, etc. –, diferente de muitos pais que não fazem questão de instruir a criança o caminho correto a se seguir. Estes, na maioria das vezes são desonrados por seus filhos, apesar de fazerem pouca consideração a isto.

Agradeço a sua atenção.

Grégory Neves